GUIA DE TECIDOS

Guia sobre alguns dos tecidos e suas características e melhor uso.

 

 Elastano: Mais conhecido como Lycra. Esta é uma fibra sintética elástica encontrada em vários tecidos, que mesmo em pequenas porcentagens – de 1% a 5% - aumentam o conforto ao utilizar a peça. Aparece com mais frequência na moda praia e lingerie.                                       

Jacquard: Tecido ou malha de padrão intrincado, em geral, com uma superfície em relevo. Utilizado em roupas adamascadas, cortinas e trajes formais.

Jérsei: Termo genético para tecidos lisos em fios de malha.Tem grande elasticidade na transversal e é feito de algodão,sintético ou misturadas. Aplicado em camisetas

Lã: Fibra produzida a partir de tosa de ovelhas domesticadas, geralmente são quentes e resistentes. Os indicados como “pura”nos EUA e Canadá possuem 100% de lã virgem. Já os que recebem a etiqueta “lã mista” são fabricadas em fibras sintéticas, contém pelo menos 55% dessa fibra misturada
com outra.

Moletom Aveludado: Tecido grosso, pesado, cardado e tosado para produzir um acabamento camuraçado. Tende a encolher, mas é durável. Usado em calças e roupas de trabalho

Alpaca
Fibra leve e com brilho suave. Em geral, aparece misturado com lã para alfaiataria e malharia. Utilizado em ternos, paletós e malhas.

Chambre
Algodão puro ou misturado de algodão com poliéster, raiom-poliéster com fios tingidos e brancos. Utilizado em uniformes, roupas esportivas, pijamas e camisas.

Couro
Vários tipos de couro são adequados para fazer casacos, jaquetas e saias. Geralmente, compra-se a peça inteira e não tratada. Existem muitos tipos de couro e abaixo segue uma lista dos mais utilizados.

Full Grain: também conhecido como plena flor é um dos mais tradicionais e geralmente está disponível em cores da moda. Camurça: dá bons resultados mesmo sem detalhes de alfaiataria e está disponível em cores da moda ou estampado.
Couro de montaria pesado: bastante utilizado em bolsas, cintos e carteiras.
Couro falso: imitação vendida a metro, e possui uma infinidade de acabamentos, como camurça e chamois. Usados em casacos sob medida e jaquetas.

Crepe
Um dos tecidos mais usados para a confecção de vestidos e moda para festa e também de moda casual, por seu caimento perfeito e grande variação nas texturas e espessuras. Lisos ou estampados, existem vários tipos de crepe como o Crepe Bubble, Crepe Dior, Crepe Nuage, Crepe Lorraine, Crepe Pasquale, sendo produzidos com diferentes tipos de fibra e fios altamente torcidos, como a seda ou a lã (orgânicas e sintéticas).

Helanca
A Helanca é um tipo de tecido altamente maleável, ou seja, apresenta excelente elasticidade e flexibilidade, sendo perfeitamente adaptável a todos os tipos de corpos.

Lurex
É uma malha com ótima elasticidade e flexibilidade, feita a partir de fios metálicos, como os de alumínio, envolvidos e selados em poliéster ou poliamida. Por ter um brilho sofisticado, é muito usado em trajes de festa, mas também é visto em roupas casuais, sempre com um toque de elegância.

Musseline
Tecido liso, suave, macio e barato que geralmente é feito de algodão. Ele tem uma contagem baixa de menos de 160 threads por polegada quadrada, em geral, mas isso varia de acordo com o fabricante. O musseline é um tecido fino, transparente e vaporoso. Composto por fios torcidos e finos, não muito compactos, usando algodão, seda, lã de viscose ou fios sintéticos.

Piquê
Tecido feito de algodão puro ou misto que possui trama feita em tear de maquineta. Possui pequenos padrões geométricos salientes. Utilizado, geralmente, na confecção de roupas esportivas.

Poliéster
Fibra sintética feita a partir de derivados do petróleo. Possui uso bastante amplo que vai desde a imitação de seda à mistura com outros fios. A tecnologia está atenuando um dos principais problemas desse tecido: a pouca absorção.